mini wedding

Olá kéridas noivitas! Cá estou eu de novo! E hoje, pra falar sobre o Mini Wedding!

Como eu já comentei em outros posts, atualmente os casamentos tradicionais para 300 ou mais convidados estão cada vez mais dando espaço para casamentos menores e mais intimistas. Eu, particularmente, adoro!

Quando você faz um casamento para 300 a 400 convidados, inevitavelmente você vai acabar convidando um monte de gente que não tem nenhuma intimidade com nenhum dos noivos. Além disso, muitas pessoas acabam indo por pura educação, ou pra filar uma bóia. No final da festa, ainda tem gente recalcada que sai falando mal da comida.

Mini Wedding: vida longa às recalcadas

Como a maioria da galera que casa não é milionária, para poder convidar tantas pessoas, você acaba sacrificando muitos outros itens do casamento para arcar com os custos das pessoas extras. Ou então, contrata serviços de má qualidade somente para constar que estavam lá. E aí eu te pergunto: vale a pena?

Muitas pessoas ainda acham que vale a pena, seja por tradição ou porque é muito difícil, por questões familiares, por exemplo, reduzir a lista de convidados.

Mas então, pra quem funciona o mini wedding?

Funciona pra quem:

  • tem família pequena ou não se importa de ser bem seletivo na lista de convidados (precisa de ajuda nisso? Leia “Escolher (e cortar) seus convidados);
  • não quer festas extravagantes;
  • prefere algo mais personalizado, intimista e aconchegante;
  • quer algo charmoso e que se adapte ao seu orçamento.

A definição de mini wedding é meio controversa, mas vamos então considerar, de forma geral, que são festas para de 20 até 70 pessoas.

O Mini Wedding, ao contrário dos casamentos tradicionais, pode ser desde muito barato até muito caro! Isso porque algumas pessoas optam por esse estilo por estarem com o orçamento reduzido, outras porque simplesmente curtem o estilo, e outras pelos dois motivos.

Se a sua intenção é economizar, o mini wedding é uma opção certeira. Veja porque:

  • Você pode fazer sua celebração em casa, no salão de festas do seu prédio, no quintal gramado da casa de alguém próximo, numa chácara alugada, naquela pousada simples e agradável que você passa um final de semana ou outro, num restaurante, entre outras opções;
  • Como o local escolhido será pequeno, a decoração e a locação de móveis também sairão mais baratas. Além disso, você pode economizar ainda muito mais com as nossas ideias para economizar na decoração;
  • Os buffets cobram o valor por pessoa. Portanto, quanto menos pessoas, menor o custo. O mesmo vale para as bebidas alcoólicas, que geralmente não estão inclusas no valor cobrado pelo buffet, e para os doces, bolo e bem-casados;
  • Um mini wedding, ao contrário de festas tradicionais em locais espaçosos e luxuosos, combinam perfeitamente com um vestido de noiva e acessórios mais simples e enxutos e, portanto, mais baratos. Nem sempre essa relação é certa, depende da prioridade de cada noiva. E o vestido é o sonho, né! Nem sempre dá pra economizar (muito) nesse quesito;
  • A papelaria sairá mais barata: menor quantidade de convites, menus e outros itens para serem impressos.

 

Na nossa seção CASAMENTO BARATO você acha dicas detalhadas de como economizar em cada item e etapa, não somente nos itens que eu citei acima, como em muitos outros detalhes. Entra lá e confira, ok?!!

<<< Voltar para a HOME

The following two tabs change content below.

Julita

Engenheira química, mãe e esposa dedicada, apaixonada por casamentos! Quer ajudar as noivas econômicas a realizarem seus sonhos sem sacrifícios, com muita criatividade e, de quebra, ainda se divertindo!