cerimonialista de casamento

Meninas, se tem uma coisa que eu quero MUITO é que o casamento das minhas amadas leitoras seja perfeito! E, por isso, acho importante compartilhar os meus erros para que vocês não os cometam também.

Infelizmente algumas coisinhas saíram fora do planejado no dia do meu casamento. E, pra uma noiva, isso é a morte. Você vai lembrar desses lapsos por muito tempo (se não pro resto da vida), e talvez isso te entristeça.

Bem, como eu já contei no primeiro post dessa série (Aprenda com o meu erro: Contrato), 90% dos meus problemas foram devido à galera responsável pelo local que alugamos pra fazer a cerimônia e a festa. Apesar de ser um lugar incrível e do preço ter sido muito bom, infelizmente a falta de profissionalismo quase destruiu o dia mais importante da minha vida. É o tipo de gente que não pode lidar com os sonhos dos outros.

Maaaaaassss, eu poderia ter evitado TODOS esses problemas.

Como?

Continue lendo…

Economia acima de tudo! … Será?!

Claro que, como noiva blaster econômica, o meu foco era casar do jeito que eu sonhei – ao ar livre, de dia, decoração rústica e vintage – com a grana que eu tinha!

Eu já vi muitas noivas desistindo de realizar o sonho de se casar do jeito que sempre sonhou, seja ele qual for, por causa de orçamento, pressão familiar ou qualquer outro motivo.

Isso realmente não estava nos meus planos. Eu queria casar ao ar livre e, nem que eu precisasse casar na calçada em frente à minha casa, ia ser ao ar livre e ponto final.

Mas, já que o intuito era economizar, entre casar na calçada e não contratar uma cerimonialista de casamento, eu preferi não contratar uma cerimonialista de casamento.

Errou feio… errou rude!!

Piadas à parte, é “ó-bi-vio” (eu sei que não é assim que escreve, ok?.. por isso as aspas) que eu não ia casar na calçada. Mas eu poderia SIM ter cortado algum gasto do meu casamento pra contratar uma cerimonialista.

A gente acha que tá tudo sob controle. Mas não é bem assim…

Meninas, acreditem em mim: imprevistos acontecem.

Eu passei meses organizando TUDINHO. E olha, eu posso ter mil defeitos, mas ninguém pode dizer que eu sou desorganizada. Eu sou do tipo que gosta de guarda-roupa arrumado e categorizado, brinquedos da criançada em caixas separados por categoria, objetos de decoração perfeitamente alinhados e tudo que se passa na vida registrado em planilhas. Ok, neura às vezes.

Portanto, eu posso dizer que eu tinha tudo planejado e esquematizado. E as pessoas mais envolvidas – sogrinha, papis, pseudo-mamis e maridão – estavam a par de tudo que tinha que acontecer.

O único problema é que a sogra e o papis foram celebrantes (leia aqui sobre minha cerimônia), a pseudo-mamis foi madrinha, e eu e o Bruno, bem… a gente estava ocupado demais casando e não tínhamos tempo livre na agenda pra garantir que tudo saísse na mais perfeita ordem.

Resumindo: quem ia garantir que tudo saísse do jeito certo? E quando digo tudo: a ordem correta da cerimônia, as músicas que o DJ tocaria em cada momento, garantir que ninguém encostasse na decoração, gelo para as bebidas, momento da banda entrar, distribuir os chinelinhos, chamar a galera pra ver a gente dançando, etc etc etc.

Lendo o meu próprio post nesse momento, eu me sinto a pessoa mais estúpida do mundo. Você também deve estar pensando isso de mim.. hahahahahaha

Ok, mas eu realmente achei que era só combinar individualmente com cada fornecedor o que precisava acontecer, que na hora que juntasse tudo, ia dar tudo certo.

Óbvio que não deu, né? hahahahahaha – (melhor rir do que chorar)

Mas então é pra contratar uma assessora?

Eu já falei sobre contratar ou não assessoria nesse post aqui. Eu, particularmente, não gosto da ditadura de “tem que contratar uma assessora”. Aliás, ditadura nenhuma é comigo…

Cada caso é um caso. E eu estou aqui relatando o MEU caso: um casamento para cerca de 70 pessoas e com uma quantidade razoável de fornecedores que não se conheciam e precisavam trabalhar juntos.

Se o seu caso for parecido ou de um porte maior, eu recomendo: contrate uma assessora!

Assessoria só no dia ou para todo o planejamento?

Mais uma vez, BASEADO NA MINHA EXPERIÊNCIA, se eu pudesse voltar atrás, eu contrataria somente para o dia.

Isso porque:

  • Eu não estava trabalhando na época da organização do meu casamento. Então, apesar de ter várias tarefas com os filhos e casa, eu tinha um tempo maior do que as mulheres que precisam cumprir suas oito horas diárias em um emprego ou negócio. Consegui realmente me dedicar à isso, apesar de estar morando em outro país.
  • Tudo estava muito bem estruturado e organizado. Bastava alguém no dia para garantir que tudo saísse do jeito que eu havia planejado.
  • A maioria dos fornecedores contratados eram de confiança. Uma das grandes vantagens de contratar uma assessora para todo o processo é conseguir fornecedores de confiança. Mas isso eu já tinha, então não vi grande necessidade disso.
    •  O fotógrafo, por exemplo, havia feito o casamento da minha best friend, e era super de confiança – Foto Tavares.
    • Quem fez os bem-casados também foi indicação quente, assim como o buffet.
    • O local era de amigos do meu pai (esse deu problema, né… inesperadamente).
    • A floricultura que fez os arranjos é de uma grande amiga, que, aliás, escreve aqui pro blog (A Thaisa, da A Casa Das Flores)
    • Os poucos fornecedores que eu não conhecia, fiz uma busca bem apurada pelo Google, Facebook, sites como “Reclame Aqui“, etc.
  • Eu tive tempo para pesquisar muito, negociar com vários e garantir bons preços. Cheguei a conversar com algumas assessoras e cheguei à conclusão de que eu não economizaria muito contratando os fornecedores que eles me indicariam.
  • Eu simplesmente AMEI organizar cada detalhezinho, fazer cada contato com os fornecedores. Tem gente que curte, tem gente que não curte. Eu curto e até sonho em trabalhar com isso um dia, então creio que não faria sentido contratar alguém para me ajudar com isso se eu preferia fazer.
  • O motivo mais óbvio de todos: a grana tava curta.

Conclusão

Como vocês podem ver, NO MEU CASO especificamente, eu não vi muita razão para contratar uma cerimonialista para organizar todo o casamento. Claro que você deve avaliar o seu caso individualmente para chegar à essa conclusão.

Mas, uma coisa é fato: ter alguém ajudando no dia garante a sua estabilidade emocional. E você realmente quer estar bem, feliz, tranquila para curtir esse momento tão esperado.

 

<<< Voltar para a HOME

The following two tabs change content below.

Julita

Engenheira química, mãe e esposa dedicada, apaixonada por casamentos! Quer ajudar as noivas econômicas a realizarem seus sonhos sem sacrifícios, com muita criatividade e, de quebra, ainda se divertindo!